Síndrome da visão de computador: o que é?

Confira algumas dicas para evitar a síndrome da visão de computador.

“De tempos em tempos, um produto revolucionário vem e muda tudo”. Há exatos 10 anos Steve Jobs falava essa frase no lançamento do primeiro Iphone. E ele estava certo mais uma vez. O aparelho da Apple revolucionou o modo como usamos o telefone e nos comunicamos com o mundo, e aumentou consideravelmente as horas que passamos na frente das telas, ocasionando, a partir disso, diversas doenças e síndromes – como a síndrome da visão de computador.

Com os smartphones, computadores e tablets, temos toda a informação do mundo em nossas mãos, diante de nossos olhos. Mas o uso excessivo desses dispositivos também traz outras coisas: visão embaçada, contrações involuntárias do músculo ocular, dor nos olhos, dor de cabeça constante, dor nos ombros e no pulso.

Esses sintomas são típicos da síndrome da visão de computador.

A síndrome é causada por lesão por esforço repetitivo (LER). Diante das telas de computadores e celulares, nossos olhos são forçados a focar textos e imagens. Essa repetição acaba provocando sintomas desagradáveis, que começam com o déficit na hidratação ocular.

Normalmente piscamos cerca de 30 vezes por minuto, mas quando ficamos muito tempo na frente das telas esse número chega a cair para 9 vezes por minuto.

Confira algumas dicas para evitar a síndrome da visão de computador:

Pisque com frequência

Ao piscar, lubrificamos os olhos e prevenimos a irritação ocular. Sempre que estiver na frente da tela por muito tempo, pare um pouco para piscar várias vezes seguidas e olhe para longe.

Evite o brilho e iluminação excessivos

Reduza o brilho das telas dos aparelhos, ou instale uma tela ou película antirreflexo no monitor. Além disso, controle a luminosidade do local de trabalho. Um ambiente excessivamente iluminado pode ser tão prejudicial quanto olhar diretamente para o sol.

Descanse a cada 2 horas

A cada 2 horas na frente do computador, faça uma pausa e ande um pouco. Relaxe, alongue-se, estique as pernas e tome água. Você vai perceber que, ao contrário de perder esse tempo, você vai ganhar muito mais em saúde e produtividade.

Faça consultas de rotina

Pelo menos uma vez por ano consulte um oftalmologista, para a prevenção e cuidado com a saúde de seus olhos. Se você tem astigmatismo ou outras doenças oculares está mais vulnerável à síndrome. Quem já passou dos 40 anos também, já que com o tempo as lentes naturais dos olhos se tornam menos flexíveis, causando a presbiopia.

Conheça as lentes AVEO

As lentes de contato AVEO possuem tecnologia Hidrogel, que permite reter a umidade e maximizar a transmissão de oxigênio. Elas garantem conforto durante todo o dia, mesmo nos ambientes mais exigentes.

Veja mais aqui.

Fontes: